Pular para o conteúdo principal

Como Proteger Seu Pet do Frio

     Com o inverno chegando, o frio já começa a tomar conta, e assim como nós humanos, nossos pets também sentem frio.      Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o pelo do cachorro não é suficiente para aquecê-lo durante o inverno. Claro que eles têm uma resistência maior, e uma necessidade um pouco menor que a nossa de se esquentar quando o clima começa a esfriar. Mas embora existam raças de cachorro que realmente tenham o organismo preparado para enfrentar invernos rigorosos, como Husky Siberiano e São Bernardo por exemplo, a maior parte das raças não tem essa disposição, principalmente as raças brasileiras, que estão acostumadas com temperaturas mais amenas.      Sendo assim, devemos estar preparados para cuidar dos nossos bichinhos quando o inverno chega, para que eles não sintam frio ou peguem alguma doença, lembrando sempre que cachorros filhotes e idosos precisam do dobro de cuidado.      A Bendog separou para você algumas dicas de como fazer isso. Vamos lá?     1- Fique at

As Melhores Práticas Para Establecer Rotinas Saudáveis Para Seu Cão!

Em tempos de coronavírus, as mudanças na rotina dos nossos peludos tem sido uma tarefa difícil. Alguns pets não tem conseguido se adaptar à quarentena, devido a que mudanças repentinas desequilibram seu estado emocional e seu organismo.
Por isso, hoje mas que nunca, oferecer melhores práticas na vida do seu dog pode ser a chave para melhorar seu comportamento e obediência, além de promover seu bem-estar físico, emocional e intelectual.


Antes de começar a falar sobre as Melhores Práticas para Estabelecer Rotinas Saudáveis para seu cão, é bom lembrar que uma rotina não é seguir um manual que diz como deve ser a vida de um cão, mais sim entender que definitivamente seu peludo precisa de uma estrutura de vida, que embora no início seja difícil de realizar, com o tempo vai deixar seu pet mais saudável, confiante e feliz. 


ROTINA DA COMIDA 


Adquirir o hábito de alimentar seu cachorro nos mesmos horários, fará que ele se sinta confiante e com menos ansiedade já que terá a certeza, de que em um determinado momento receberá sua comida. 


Identifique de 2 a 3 horários para colocar a comida do seu pet na tigela e torne isso um hábito. Desta forma seu peludo irá se acostumar a comer sempre no mesmo horário e seu organismo irá funcionar melhor. Não podemos esquecer que a quantidade de comida deve ser a ideal (consulte o seu veterinário e pergunta pela Alimentação Natural), nunca coloque comida de menos e nem de mais, pois não faz bem ao organismo do cão.


ROTINA DO PASSEIO: XIXI E COCÔ FORA DE CASA

Ensinar o cão a fazer xixi e cocô fora de casa e transformar isso em uma rotina de passeio, demanda alguns cuidados e comprometimento da nossa parte. E embora a gente saiba que por conta das nossas rotinas ocupadas, é bem mais cômodo que o banheiro esteja dentro de casa, acredite! Se você ensinar o seu cão a fazer xixi e cocô fora de casa, vai garantir uma melhor qualidade de vida à ele.
Recomendamos que ao acordar de manhã, leve seu cachorro para passear (sempre usando uma máscara) e também depois de cada comida. Observando nossos peludos podemos estabelecer uma rotina com base no tempo que levam para querer satisfazer suas necessidades. Por exemplo, 15 minutos depois de comer, leve-o para passear. Neste caso, anote os horários em que ele faz xixi e cocô, perceba o padrão e crie uma rotina de  passeio levando isso em conta.
Desta maneira, o cão vai entender que o lugar principal de fazer xixi e cocô é a rua, então, com uma rotina fixa, ele vai segurar as necessidades. É importante reforçar que menos de 4 vezes é pouco, então esse é realmente o limite mínimo. Além disso, se ele segurar tempo demais o xixi e o cocô, pode ter problemas de saúde como infecções urinárias.
ROTINA DE SOCIALIZAÇÃO

Criar uma correta rotina de socialização com outros cães e pessoas é fundamental. De seus ancestrais, o cão conserva sua natureza social que se baseia na hierarquia entre os membros de uma matilha. Por isso a rotina de socialização faz com que seu peludo se adapte melhor às diferentes mudanças de ambientes e aprenda tolerar o seu papel secundário frente ao seu líder humano. Por isso, nossos cães devem ser capazes de interagir diariamente com outros indivíduos, independentemente de sua espécie. Cães que não são devidamente socializados podem sofrer problemas de comportamento na fase adulta, como medo, reatividade ou introversão.
Para criar uma rotina de socialização é importante entender que a qualidade das interações importa muito mais que a quantidade. Uma dica interessante é pedir para sua família interagir de jeitos diferentes com seu dog, caminhar de maneiras diferentes, falar com diferentes tons de voz e usar acessórios que estimulem seu peludo.
Não esqueça que seu dog deve ter liberdade para escolher se quer se aproximar de uma pessoa, de um cachorro ou de uma coisa; ele nunca deve ser forçado. Ter seus desejos respeitados, suas opiniões consideradas e suas decisões honradas gera confiança, que é exatamente o que queremos.
HORA DE BRINCAR!


Brincar é importante para o desenvolvimento cognitivo de nossos animais de estimação, mas fazê-lo em diferentes intervalos de tempo pode criar problemas de comportamento devido a que o animal perderá a capacidade de diferenciar momentos graves de momentos de brincadeira. Por isso,  é importante escolher uma hora do dia em que você possa brincar com seu cão e criar uma hora de brincar, sempre no mesmo horário! 

Faça sessões curtas, mas intensas, e marque o final delas para que o cão reconheça que chegou a hora de ficar sério e descansar.

Todos os cães devem poder desfrutar de pelo menos 15 a 30 minutos por dia de diversão. Esse hábito é essencial para ajudá-los a liberar o estresse e enriquecer seu dia a dia de forma positiva.

Também é indispensável que  aprendam a reconhecer seus brinquedos e aqueles que nunca foram e nunca serão. 

Idealmente, os cães devem desfrutar de um modo de jogo ativo ao ar livre (bola, frisbee, corrida) mas se você não quer se expor na rua, pode adquirir diferentes brinquedos de roer e bichos de pelúcia ideais para brincar dentro de casa.  Lembre, reforçá-los positivamente na hora de usá-los para que entendam que devem usar esses instrumentos e não os nossos sapatos.

MOMENTOS DE SOLIDÃO


Sabemos que nenhum cão deve ser condenado à solidão, mais é importante eles estar cientes de que ficarão sozinhos de novo quando a quarentena terminar. Por isso temos que aproveitar e ensinar nossos cachorros a lidar com as ausências sem angústia o qual, é extremamente importante.

Para isso devemos tentar deixar o nosso peludo sozinho durante períodos de tempo iguais (nunca ultrapasse 8 horas de solidão) e  nas mesmas faixas de horário (manhã, tarde ou noite). Os cães, ao perceber que sempre voltamos depois de um tempo específico, vão ter uma resposta positiva à este hábito, e no longo prazo, eles vão conseguir se distrair, seja brincando, dormindo ou olhando pela janela, com a certeza de que voltaremos e não, de que foram abandonados.

Uma dica interessante para seu dog ficar tranquilo em momentos de solidão, é utilizar a aromaterapia a qual é uma grande aliada. Você pode borrifar diretamente no pelo ou colocar no ambiente através de um difusor. O aroma da natureza deixará seu cão mais calmo e tranquilo aguardando sua chegada. (Conheça sobre os produtos de aromaterapia que temos na Bendog!)

Porém, se deixarmos nosso cachorro sozinho por muitas horas, alguns problemas de comportamento podem aparecer, como destruição, uivos ou escapismo.


ROTINA DE SAÚDE


Não importa se o seu cão não está doente, você deve criar uma rotina e levá-lo ao veterinário para check-ups periódicos e assim descartar qualquer patologia. Às vezes a gente não consegue enxergar os problemas, mas o veterinário é especializado em encontrar qualquer coisa que possa afetar negativamente a saúde de nossos dogs.
Até mesmo fazer um exame de urina e sangue uma vez por ano é altamente recomendado, para verificar se a saúde de seu peludo está bem. Se mantivermos uma rotina de saúde, nosso cão vai permanecer saudável e economizaremos muito em remédios e testes o qual, permitirá que ele viva muito mais tempo.

ROTINA DE LIMPEZA 


Não negligencie a higiene de seu dog. Não espere ele rolar no cocô ou brincar  em poças de lama. Com certeza  ele gosta de ser cuidado e a rotina semanal da limpeza pode ser um momento perfeito para criar um vínculo ainda maior com seu dog. Para criar uma rotina de limpeza é recomendável escolher pelo menos um dia da semana para escovar bem seu cão, limpar aquelas orelhinhas fofas, examinar as patinhas e verificar se há parasitas. Também é aconselhável banhá-lo com um shampoo específico para cães, pelo menos uma vez por mês. Claro, se você preferir pagar por uma estética, tudo bem! Mas você deve tentar criar uma rotina de higiene onde seu amigo peludo sinta que você se preocupa com ele. 



ROTINA DO ESTÍMULO MENTAL 

Juguetes caseros para gatos: Los mejores (Foto) | Ella Hoy

 A estimulação mental é algo que muitos de nós esquecemos de incluir nas rotinas diárias, mas é essencial para aumentar a autoconfiança de nossos peludos, especialmente de aqueles que já foram rejeitados ou sofreram algum trauma.
Você pode estimular criando rotinas com jogos inteligentes como “esconde – esconde”, colocá-lo em situações que ele deve escolher o passo seguinte, comprar ou criar brinquedos que possam ser recheados de comida e deixar que seu cachorro tente tirá-la de lá de dentro e até transformar uma vez por semana a hora do jantar em uma caça ao tesouro, como? Separando a porção que seu cachorro costuma jantar em pequenas porçõezinhas e espalhando-as pela casa. Obviamente, você terá que deixar o jogo bem fácil no começo, mas com o tempo, você ficará livre para esconder a comida em lugares mais difíceis de achar.
Outra maneira fácil de fazer isso em casa, é colocar petiscos dentro de rolos de papel higiênico vazios, caixas (pizza o sapatos), envelopes e até tecidos velhos o qual, estimulará o seu dog a pensar como conseguir a recompensa  de dentro. 
Outro jeito interessante de brincar com seu dog é pegar três recipientes idênticos e esconder a comida em um deles. O cachorro, com o focinho ou a pata, os encontrará. Essa é daquelas brincadeiras inteligentes para cães que além de ser muito divertida, ajuda a relaxar e é um estímulo mental para cães.
Lembre que você tem que se empenhar para transformar o ambiente do seu cachorro o mais interessante e estimulante possível para exercitar a inteligência dele.

É válido começar com jogos simples e fáceis que durem apenas um período curto de tempo (máximo 10 minutos). Também é importante, ser positivo e dar muitos elogios quando ele encontrar as recompensas. Além disso, vale aproveitar esse momento divertido e positivo para treinar obediência, como por exemplo: ensinar o cão a sentar, deitar, ficar e esperar.
Agora que você já sabe quais são as rotinas e os hábitos mais saudáveis para seu cão, o que está esperando?




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como Proteger Seu Pet do Frio

     Com o inverno chegando, o frio já começa a tomar conta, e assim como nós humanos, nossos pets também sentem frio.      Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o pelo do cachorro não é suficiente para aquecê-lo durante o inverno. Claro que eles têm uma resistência maior, e uma necessidade um pouco menor que a nossa de se esquentar quando o clima começa a esfriar. Mas embora existam raças de cachorro que realmente tenham o organismo preparado para enfrentar invernos rigorosos, como Husky Siberiano e São Bernardo por exemplo, a maior parte das raças não tem essa disposição, principalmente as raças brasileiras, que estão acostumadas com temperaturas mais amenas.      Sendo assim, devemos estar preparados para cuidar dos nossos bichinhos quando o inverno chega, para que eles não sintam frio ou peguem alguma doença, lembrando sempre que cachorros filhotes e idosos precisam do dobro de cuidado.      A Bendog separou para você algumas dicas de como fazer isso. Vamos lá?     1- Fique at

10 Dicas Para Ter sucesso Na Alimentação Natural Para Seu Dog

A alimentação natural para cães, conhecida também como AN, é uma modalidade de alimentação que tem ganhado cada vez mais a confiança de veterinários nutricionistas já que contém os níveis de nutrientes que o animal precisa para se manter saudável. Este tipo de alimentação propõe uma dieta balanceada composta por ingredientes naturais que são minimamente processados e têm uma quantidade adequada de proteínas, gorduras de boa qualidade, carboidratos, fibras, vitaminas, minerais e água.  Mas, como implementar corretamente essa alimentação no seu pet? Na Bendog preparamos 10 dicas essenciais para ter sucesso neste tipo de dieta que ajudará a melhorar a qualidade de vida de seu dog. 1. Os benefícios são reais! A qualidade de vida e a longevidade são os principais benefícios da dieta AN para seu dog assim como: sabor e texturas muito mais atrativas, fezes firmes e com menos odor, menos gases, mais vitalidade, pelagem farto e saudável, melhora da imunidade  e hidratação adequada.       2. Cui

Enriquecimento Ambiental

  Você sabe o que é Enriquecimento Ambiental?     O Enriquecimento Ambiental se trata de adaptar o local de vivência do seu cachorro, criando um ambiente mais dinâmico, complexo e interativo, focando em melhorar seu bem-estar tanto físico como psicológico proporcionando desafios e atividades similares aos da natureza, o que otimiza sua qualidade de vida. Deixa o ambiente do pet mais lúdico, mais divertido, atrativo e desafiador, fazendo com que ele explore todos os seus sentidos e gaste mais energia.     Este conceito surgiu na década de 70, sendo muito aplicado em zoológicos. Após muitos estudos, foi confirmado o quanto a prática do mesmo fazia bem para os animais, seguindo de animais silvestres e partindo para pets de companhia. Isso tudo porque os cachorros na natureza, junto de seus ancestrais lobos, tinham uma série de atividades diárias para sobrevivência, como a caça, a busca por água, a disputa por território, entre muitas outras. Com o tempo, eles passaram a ser domesticados,